domingo, 18 de abril de 2021
63 9-99741776
Geral

05/04/2021 ás 20h35

11

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Projeto desenvolvido no Naturatins busca preservar onça-pintada
Objetivo é conhecer a genética de animais mantidos em cativeiro
Projeto desenvolvido no Naturatins busca preservar onça-pintada
Foto: Ascom Naturatins

Administrado pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), o Centro da Fauna (Cefau), localizado em Palmas numa área de aproximadamente sete hectares, foi criado com objetivo de garantir a proteção da fauna silvestre por meio da operacionalização de ações de assistência aos animais que se encontram em perigo iminente, e de ações socioambientais e educativas para prevenção da saúde da população e o combate ao tráfico de animais.

Para garantir a preservação de espécie onça-pintada (panthera onca), o Cefau realizou o manejo de um animal macho, cuja idade aproximada é de quatro anos. O objetivo do manejo foi a realização de procedimentos para conclusão de tratamento dentário e coleta de material para exame genético, e assim conhecer a genética de animais mantidos em cativeiro para subsidiar decisões em programas de conservação que podem ser de reprodução e pareamentos em casos de necessidade de solturas futuras.

Na ação, o Naturatins colabora com o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e laboratório de Biologia Genômica Molecular da Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) para execução do projeto intitulado Análises Genômicas para conservação ex situ da onça pintada.

Tratamento

A intervenção ambulatorial contou com uma ampla equipe de profissionais: sedação e tratamento odontológico foram realizados pelos médicos veterinários Fernando Silveira e Ana Paula Silveira e pelas odontólogas Vera Faria e Ádylla da Silva Barros. O procedimento contou ainda com a colaboração do professor, médico veterinário André Rondelli, da Universidade Católica (Unicatólica), que realizou a coleta de amostras de sangue junto à aluna, orientada por ele no curso de Medicina Veterinária, Amanda Dias.

A coordenação logística e operacional, registro e envio das amostras para a PUCRS, foi feita por uma equipe técnica do Naturatins: Daniel Albernaz (zootecnista), Marco Túlio Filho (médico veterinário) e Ana Beatriz Correa (bióloga).

O médico veterinário Fernando Silveira explica que o animal possuía um desgaste anormal nas presas. “A presa é muito importante na hora de quebrar osso, de comer. Quando está em vida livre é importantíssimo para caçar e esse desgaste anormal estava fraturando o dente, ia levar a fratura completa das presas do animal, dos caninos”, detalhou.

Conforme explica Fernando, a prevenção realizada na onça-pintada é semelhante ao que se faz no ser humano com uma fratura de dente. “Foi feita uma reposição com porcelana. Juntamos uma equipe multidisciplinar de forma voluntária. Somos voluntários para poder fazer o melhor possível para o animal”, ponderou. A prevenção é um dos motivos para que animais em cativeiro tenham uma sobrevida maior do que em vida livre, de acordo com o médico. “Uma fratura no dente poderia levar a infecção dentária, que poderia ocasionar uma septicemia e morte. Em cativeiro, conseguimos dar uma sobrevida maior em razão dessas ações preventivas”, concluiu.

Como o Cefau atua

A atuação do Cefau ocorre em duas frentes, uma por meio do Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETRAS) e outra por meio do Centro de Interpretação Ambiental (CIAMB). O CETRAS tem a finalidade de receber, identificar, triar, recuperar e destinar animais silvestres provenientes de ação de fiscalização, resgate ou de entrega voluntária.

Daniel Albernaz, que é zootecnista do Naturatins e coordenador do CETRAS, detalha mais sobre a atuação do centro. “Contribuímos para estudos envolvendo animais selvagens nas áreas de genética populacional, reprodução e saúde animal. Estudos, como este, são de fundamental importância para conservação destes animais, e na maioria das vezes são usadas amostras biológicas. O Cefau é parceiro no projeto de conservação da onça pintada e disponibiliza algumas amostras de felinos em cativeiro ou de carcaças, construindo assim um banco de amostras biológicas para mamíferos da ordem carnívora”, apontou.

Já o CIAMB tem a finalidade de implantar e apoiar programas, projetos, ações e campanhas educativas de proteção à fauna, de sensibilização e interações práticas com a natureza, focadas preferencialmente às espécies: endêmicas, prioritárias, chaves, migratórias, em desequilíbrio populacional, sob pressão de caça e pesca, causadoras de impactos econômicos, de interesse comercial e de ocorrência em Unidades de Conservação (UC’s).


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Informações O Coletivo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados