Sábado, 06 de março de 2021
63 9-99741776
Geral

18/02/2021 ás 15h41

34

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Comissão fará novo levantamento de cargos e vagas para concurso do TJ do Tocantins
Certame chegou a ser anunciado em 2018, mas contrato com a banca foi suspenso.
Comissão fará novo levantamento de cargos e vagas para concurso do TJ do Tocantins
Foto Divulgação

O concurso do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) terá seus estudos retomados. Suspenso desde 2018, o projeto para a nova seleção deverá ser refeito.


A informação é da Comissão de Seleção e Treinamento, que é responsável pela organização do concurso do TJTO, e foi divulgada por Folha Dirigida, portal especializado em concursos, nesta quarta-feira (17).


Segundo a equipe, o pleno do Tribunal aprovou, em dezembro de 2020, a proposta para a realização do novo processo de seleção.


Com isso, caberá à comissão realizar um novo levantamento de cargos vagos do quadro de servidores, além da viabilidade para a realização do concurso.


A seleção é aguardada desde 2018, quando o contrato com o Cebraspe (organizador) foi suspenso porque, segundo o TCE, havia indícios de irregularidades no procedimento licitatório.


Na ocasião, estavam previstas 30 vagas e formação de cadastro reserva para os cargos de analista judiciário, oficial de justiça e técnico judiciário.


Caso o novo concurso ocorra, no entanto, a carreira de oficial de justiça não será mais incluída, já que a Lei Complementar nº 126/2019 extinguiu o cargo.


Resumo sobre a seleção




  • Órgão: Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ TO)




  • Cargos: técnico e analista judiciário




  • Vagas: a definir




  • Requisitos: níveis médio e superior




  • Remuneração: a partir de R$7.093,74 (técnicos) e R$11.876,31 (analistas)




  • Banca: a definir




  • Status: em estudo




Confira detalhes do concurso TJTO 2018


Mesmo suspenso, o concurso TJTO de 2018 pode ser uma base para a próxima seleção. Isso porque boa parte dos cargos e áreas que seriam oferecidos pode ser contemplada em um próximo edital.


Na época, as oportunidades de analista judiciário seriam para as áreas de:



  • Direito;

  • Administração;

  • Ciências da Computação;

  • Serviço Social;

  • Ciências Contábeis;

  • Arquitetura;

  • Pedagogia;

  • Engenharia (Civil e Elétrica);

  • Estatística;

  • Psicologia;

  • Medicina (Cardiologia, Clínica Geral, Ortopedia, Psiquiatria);

  • Enfermagem; e

  • Fisioterapia.


O concurso ainda teria oportunidades para oficial de justiça avaliador, na área de Direito (extinto), e técnico judiciário, em apoio judiciário e administrativo, Informática, programador de computadores e técnico de enfermagem.


Os ganhos para o analista judiciário, de nível superior, seriam de R$ 11.876,31, enquanto o técnico, de nível médio, teria vencimentos de R$ 7.093,74.


Além deste concurso, o TJTO já confirmou que planeja uma seleção para a formação de uma equipe multidisciplinar, que auxiliará os juízes em suas decisões (psicólogos, assistentes sociais e pedagogos).


 


 


 


 


 


 


 


 


Informações são de Folha Dirigida

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados