Sexta, 15 de janeiro de 2021
63 9-99741776
Entretenimento

09/12/2020 ás 21h20

43

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Sebrae apresenta projeto Força Mulher no distrito de Luzimangues
O encontro aconteceu na última segunda-feira, 07
Sebrae apresenta projeto Força Mulher no distrito de Luzimangues
Foto Divulgação

O Sebrae Tocantins e a Prefeitura de Porto Nacional apresentaram o projeto Força Mulher, na manhã desta segunda-feira, 07, para as mulheres em situação de vulnerabilidade atendidas pelo CRAS de Luzimangues, distrito de Porto Nacional.

O objetivo foi mostrar para a população local como irá funcionar o projeto, que tem o intuito de promover a inclusão produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade social, através do empreendedorismo.

A coordenadora do CRAS de Luzimangues, Maria de Jesus Mendes Souza, a Maria da Balsa, incentivou as mulheres presentes a aproveitarem as oportunidades que o projeto vai trazer para a região. “ A gente sabe que tudo que vem para agregar e trazer conhecimento é importante. Esse apoio do Sebrae e da Prefeitura vai dar condições para que vocês saiam da situação de vulnerabilidade”, pontuou.

Para a secretaria de Assistência Social de Porto Nacional, Sarah Mourão, o momento é único, pois é na crise que desenvolvermos as melhores ideias. “Pensando nisso que trazemos esse novo caminhar de mulheres empreendedoras, dando condições para aprimorar em vocês a capacidade de empreender naquilo que vocês já têm aptidão”, afirmou.

A diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro afirmou que o diferencial do Força Mulher é que as ações são construídas de forma conjunta e de acordo com as particularidades e funcionalidades dos CRAS locais. “Os Centros de Referência de Assistência Social têm expertise em atender e acolher indivíduos em situação de vulnerabilidade, e serão essenciais para levarmos as capacitações e conhecimentos sobre empreendedorismo e gestão de negócios para essas mulheres”, pontuou.

Sobre o Força Mulher

O projeto “Força Mulher” busca atingir de forma positiva as mulheres vulneráveis a partir do acolhimento, do resgate de sua autoestima, do desenvolvimento de seus comportamentos empreendedores, da concessão de oportunidades de capacitação e profissionalização e, por fim, do estímulo e apoio para a abertura de pequenos negócios, baseados nos dons e talentos descobertos.

O diferencial é propor uma construção conjunta das ações do Projeto com os CRAS, que têm expertise relativa ao atendimento de indivíduos em situação de vulnerabilidade. Por meio dessa parceria, identificamos que o projeto precisa ter premissas básicas, tais como: 1) Abordagem Simples e Lúdica, 2) Levar em conta a vocação econômica regional e municipal, 3) Agilidade nas ações e resultados, 4) Considerar os dons e talentos das participantes, 5) Articulação com parceiros para assegurar: capacitações sócio profissionalizantes, acesso ao crédito e acesso ao mercado.


(Assessoria de imprensa Sebrae)
Acesse: https://bit.ly/37KYOtp 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados