Quinta, 16 de julho de 2020
63 9-99741776
Geral

26/06/2020 ás 08h25 - atualizada em 26/06/2020 ás 08h30

27

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Sete rodovias do TO terão cobrança de pedágio após MP concedê-las à iniciativa privada; saiba quais
Após a concessão, as rodovias serão administradas e mantidas por empresas privadas, que passarão a cobrar pedágio dos motoristas.
Sete rodovias do TO terão cobrança de pedágio após MP concedê-las à iniciativa privada; saiba quais
Imagem Web

O plenário da Assembleia aprovou nesta quarta-feira, 24, entre outras matérias, a MP que autoriza o Executivo a conceder à iniciativa privada sete trechos de rodovias estaduais. Após a concessão, as rodovias serão administradas e mantidas por empresas privadas, que passarão a cobrar pedágio dos motoristas.


Mediante processo licitatório, as empresas vencedoras prestarão os serviços de operação, manutenção, conservação, monitoramento e implantação de obras de infraestrutura e de outras melhorias nas rodovias.


As rodovias beneficiadas serão:


– TO-050, Palmas/Porto Nacional – trecho de 58,7 Km;


– TO-010TO-445 TO-342, Palmas/Miracema do Tocantins/Miranorte – trecho de 108 Km;


– TO-030, Palmas/Taquaruçu/Santa Tereza – 67 Km;


– TO-080, Palmas/Paraíso do Tocantins – 74,7 Km;


– TO-455 entroncamento TO-255/TO-080 – trecho de 71 Km;


– TO-355, Colinas do Tocantins entroncamento TO-010 – trecho de 60 Km;


– TO-222 Araguaína/Filadélfia – trecho de 107 Km;


– TO-500 travessia da Ilha do Bananal – trecho de 94 Km.



(Imagem: Divulgação)


Benefícios


Uma pesquisa técnica realizada pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), em outubro de 2019, mostrou que as 22 melhores rodovias brasileiras são concedidas à administração privada. A iniciativa já é adotada há tempos em estados como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Bahia (BA), Goiás (GO), e Minas Gerais (MG), e é uma prática comum também em outros países desenvolvidos.


No Brasil, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também anunciou, em 2019, que o governo federal pretende fazer a concessão de 16 mil km de rodovias federais.


De acordo com o governador Mauro Carlesse, a concessão também vai melhorar a logística do Estado, possibilitando mais desenvolvimento. “A burocracia ou os recursos limitados, muitas vezes acabam por atrasar serviços que são importantes para as rodovias, como os de manutenção e conservação. Com a concessão, esse processo consegue ser permanente e mais ágil”.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Informações Surgiu

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados