Terça, 15 de outubro de 2019
63 9-99741776
Política

07/10/2019 ás 17h03 - atualizada em 07/10/2019 ás 17h10

56

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Deputados saem em defesa da liberdade de Marcelo Miranda:
Deputados se solidarizaram com prisão do ex-governador e saíram em defesa de Marcelo Miranda
Deputados saem em defesa da liberdade de Marcelo Miranda:
Foto: Reprodução AF Notícias

Alguns deputados estaduais prestaram solidariedade ao ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda (MDB), preso por corrupção desde a última sexta-feira, 26 de setembro. Ele é suspeio de integrar uma organização criminosa que desviou cerca de R$ 300 milhões dos cofres públicos, juntamente com o pai, Brito Miranda, e o irmão, Júnior Miranda.


Atualmente, Miranda é presidente regional do MDB. O colega de partido, deputado Nilton Franco, foi o primeiro a usar a tribuna para discordar da prisão do ex-governador.


“Nós respeitamos a decisão, mas não concordamos com a forma que está sendo feita”, disse durante a sessão extraordinária na manhã dessa quinta-feira (03) na Assembleia Legislativa.


“Qual é o perigo que ele fornece à população desse Estado?”, questionou o deputado ao discordar também da decisão do TRF1 que negou liberdade ao ex-governador.  


O parlamentar afirmou que Miranda está sendo acusado de "supostos" crimes e repudiou a ação da justiça. “Eu venho dizer que estamos indignados, insatisfeitos com a prisão. Venho repudiar esta ação que estão fazendo. Se ele for condenado, que pague pelo crime, mas deixe ser condenado primeiro. Ele não vai fugir das acusações que estão sendo impostas a ele”, concluiu o deputado.


Quem também saiu em defesa do relaxamento da prisão do ex-governador foi a ex-vice-governadora Cláudia Lélis (PV). Ela criticou a decisão da justiça e lembrou que o líder do MDB é réu primário e não oferece risco à sociedade. “Sabemos que o ex-governador é réu primário e tem residência fixa aqui no Estado do Tocantins. Tudo hoje em dia é prisão preventiva. Ele [Marcelo Miranda], não coloca em perigo ninguém da sociedade”, completou.


O deputado Elenil da Penha (MDB) também expressou solidariedade ao ex-governador e à sua família diante da "turbulência" pela qual estão passando. “Quando a tempestade está muito forte, muitas vezes você não consegue nem alguém com guarda-chuva para acolher”, declarou.


O deputado criticou trechos da delação de Alexandre Fleury que embasou o pedido de prisão do ex-governador. O emedebista se referiu especificamente ao trecho em que o delator afirma ter presenciado o ex-governador distribuir pacotes de dinheiro aos funcionários de suas fazendas. “Isso é uma mentira deslavada”, afirmou.


“Não estou aqui dizendo que ele é culpado ou inocente. Tem uma investigação, mas aos olhos da população já foi demonstrado que está condenado. E é isso que tem arrebentado a vida de muitas pessoas”, finalizou.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


Informações AFNoticias

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados