Quarta, 12 de agosto de 2020
63 9-99741776
Cultura

28/02/2017 ás 20h51

1.476

A Melhor Cobertura em Notícia

Taguatinga / TO

Blocos de Dianópolis e Arraias mantém tradição
Começou no século XVI e é um costume herdado de Portugal.
Blocos de Dianópolis e Arraias mantém tradição
(Foto: Facebook)

Nas cidades de Arraias e Dianópolis, região sudeste do Tocantins, uma folia sobrevive ao tempo e às gerações. O entrudo e o bloco dos enxutos são dois costumes curiosos do século XVI, onde os foliões saem molhando uns aos outros enquanto desfilam pelas ruas das cidades ao som de marchinhas. As pessoas que ficam na porta das casas acompanhando a festa também são molhadas. Todos entram na festa.


A professora Daniela Scheider é do Rio Grande do Sul e está em Arraias para trabalhar em uma universidade do Tocantins. Chegou e já conheceu o Carnaval local levando um banho no meio da rua. “Uma expressão que é do povo pode se manter e deve se manter, e acho que é aí que está a força, né? É daí que vem a resistência”.


Na folia, o grupo desce as ladeiras ao som das marchinhas e com baldes e recipientes nas mãos. Crianças e adultos se abastecem de água nos quintais por onde passam. E quem está de fora, quando menos se espera, entra na brincadeira. “Saí de Brasília arrumada. Chego aqui, entro no clima”, diz a funcionária pública Deuzelina Rodrigues após ganhar um banho.


Arraias tem 276 anos e surgiu com a descoberta de ouro, que abasteceu a coroa portuguesa. De Portugal também veio o entrudo, o costume de molhar e até sujar os outros antes da quaresma.


No passado, o entrudo se tornou polêmico e praticamente desapareceu no Brasil. Em Arraias, sobrevive.  “Um juiz tentou proibir aqui na nossa cidade, e falou que não ia ter o Carnaval. Aí todo mundo marcou de sair o Carnaval da porta da casa dele. Ele foi o primeiro a ser molhado. Pronto, o juiz está molhado, agora se quiser proibir, que proíba depois”, brincou o professor de história Jonathas Alencar.


 


 


 


 


 


 


Imformações G1/Tocantins
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados